• Entenda como aplicar o conceito de funil de vendas em sua loja virtual

    Entenda como aplicar o conceito de funil de vendas em sua loja virtual

    Para os empresários do comércio eletrônico, entender como funciona o conceito de funil de vendas é fundamental não só para o desenvolvimento de estratégias para captação de leads, mas também – e mais importante – para acompanhar um potencial cliente a partir do momento em que ele adquire conhecimento a respeito de determinada marca ou serviço até a realização de uma conversão, como uma venda.

    A finalidade do modelo é acompanhar todas as etapas seguidas pelo consumidor até a conclusão do negócio. Desta forma, o funil apresenta as diferentes partes do processo de conversão: o primeiro contato com a empresa em questão, o interesse em uma solução oferecida e a realização da compra em si.

    A partir do funil de vendas, é possível, portanto, criar uma espécie de mapeamento das etapas por que passa o consumidor antes que definitivamente realize uma conversão. Assim, você pode adotar as estratégias mais apropriadas em cada fase e, deste modo, identificar melhor quem são os potenciais clientes de sua empresa.

    O funil de vendas é dividido em três partes. A seguir, entenda como elas funcionam.

    Topo do funil

    Parte mais abrangente do funil, o topo diz respeito à conscientização de sua marca. Neste momento, o consumidor não busca um produto ou serviço específico. Sendo assim, ainda não pode ser considerado um cliente.

    Este visitante deve, então, tomar consciência sobre o que você oferece e como aquilo pode beneficiá-lo. O objetivo, claro, é que ele se torne um comprador.

    O que importa nesta fase é aumentar o tráfego para sua loja virtual, gerando mais leads. Para isso, você pode utilizar estratégias como disponibilização de conteúdos relevantes em blogs e mídias sociais, além de campanhas de anúncios a partir do Facebook Ads ou do Google Adwords.

    Meio do funil

    O meio do funil representa o momento em que o consumidor já tem a intenção de adquirir um determinado produto ou serviço, mas ainda não está certo se deve ou não fechar o negócio.

    Deste modo, este potencial cliente dá início a uma pesquisa mais aprofundada sobre as soluções oferecidas pelas empresas e decide se realizará ou não a compra.

    Nesta etapa, uma estratégia possível é oferecer downloads de conteúdos relevantes ao consumidor – a partir de um blog ou landing page – em troca de informações que possam ser úteis para um conhecimento melhor de seu público-alvo.

    Fundo do funil

    A última parte do funil é o momento em que o visitante já interagiu com a sua marca, consumiu conteúdos que ela oferece e está pronto para realizar uma comprar.

    Uma atitude que você pode tomar neste momento é enviar um e-mail marketing personalizado indicando produtos que correspondam ao que tal consumidor está buscando. Lembre-se que esta é a hora de fazer uma oferta atraente ao cliente e fechar o negócio.

    O funcionamento eficiente do fluxo de seu funil de vendas é o que transforma os seus potenciais consumidores em clientes de fato.

    Deixe um comentário →

Faça um comentário

Resposta cancelada

Photostream