Estamos a dois meses de uma das datas mais aguardadas tanto por varejistas do comércio eletrônico quanto por consumidores: a Black Friday, que neste ano acontece no dia 24 de novembro e promete movimentar R$ 2,2 bilhões em vendas pela internet, segundo uma pesquisa do Google divulgada em agosto. É inegável que o dia de descontos, popular nos Estados Unidos desde a década de 1950, ganhou ampla adesão no mercado brasileiro ao longo dos últimos anos.

O aumento estimado no faturamento fica entre 15% e 20% em relação ao ano passado, quando as vendas na data resultaram em R$ 1,9 bilhão. O estudo apontou também que a movimentação da Black Friday é, em média, 15 vezes maior do que a de um dia comum do e-commerce brasileiro.

Para os consumidores, os fatores mais considerados na hora de decidir ou não pela compra são preço (49%), confiança na loja (27%), confiança na marca (13%) e custo do frete (5%).

Sendo assim, para conseguir alcançar bons resultados para seu negócio nesta data, é importante começar a planejar ações de divulgação desde já, a fim de despertar a atenção de seu público-alvo para a Black Friday nas semanas que a antecedem e garantir um bom retorno quando o dia de liquidações chegar.

Confira as dicas que apresentamos a seguir e comece a se preparar para o dia de promoções!

O que o consumidor busca?

Para atrair seu potencial cliente de forma mais assertiva nesta data, é necessário entender o que ele está buscando. De acordo com a pesquisa do Google mencionada anteriormente, os descontos que mais atraem as pessoas para comprar na Black Friday são os oferecidos para pagamentos à vista ou no boleto, que foram apontados por 34% dos entrevistados. Enquanto isso, 22% mencionaram os descontos para compras acima de um determinado valor.

Promoções reais

Os preços atraentes para o consumidor são a grande marca da Black Friday. Por isso, é imprescindível que os descontos sejam reais, ainda que aplicados apenas a alguns produtos ou a determinada categoria de sua loja virtual.

Fuja de más práticas, como vender pela “metade do dobro”, pois estas podem prejudicar consideravelmente a credibilidade de seu negócio. Hoje, existem ferramentas que permitem que o consumidor monitore a baixa nos preços dos produtos nos últimos meses e possa identificar e desconto real que está sendo concedido.

Diante disso, vale verificar os itens de seu estoque que estão sem saída e fazer uma liquidação que não prejudique sua margem de lucro. Outra medida que você pode adotar é negociar preços mais baixos com os fornecedores.

Marketing

As ações de marketing para promover as ofertas que você lançará durante a Black Friday devem ser elaboradas com antecedência e abranger todos os meios de comunicação digitais de seu negócio. Se está planejando um conjunto de promoções agressivo, é interessante criar uma landing page para captar endereços de e-mail de consumidores interessados nos descontos. Desta forma, você poderá enviar e-mails marketing estratégicos destacando os produtos que terão baixa nos preços. Esta é uma forma de gerar expectiva no cliente.

As mídias sociais serão também grandes aliadas de sua estratégia de divulgação. Por isso, é importante estar presente ao menos nas que são mais populares entre os internautas, como Facebook, Instagram, Twitter e YouTube.

Nestes canais, as possibilidades de iniciativas para promover engajamento e gerar expectivas são diversas. Algumas ideias são:

– Criar um “duelo” entre dois produtos para que os usuários escolham seu favorito, o que pode ajudá-lo a conhecer melhor o perfil de seus potenciais clientes;

– Quando o dia de promoções estiver próximo, publicar imagens em contagem regressiva com os produtos que participarão da promoção;

– Utilizar hashtags em suas publicações, principalmente no Instagram e no Twitter, pois o emprego de termos relacionadas à Black Friday e a seus produtos nas postagens ajudará os usuários interessados naquilo que você vende a encontrarem com mais facilidade sua loja virtual;

– Criar vídeos divertidos e interativos apresentando os produtos que estarão em oferta.

Por fim, capriche no layout de sua loja para anunciar as promoções. Aposte em banners que sinalizem de forma direta e atrativa os principais produtos de sua campanha e os descontos com que serão vendidos.

Infraestrutura 

De nada servirá elaborar ações de divulgação estratégicas e bem direcionadas se, quando o grande dia chegar, o site de sua loja virtual não suportar o número elevado de visitas que terá em um curto período de tempo, certo? A situação seria frustrante para o consumidor e faria você, lojista, perder dinheiro.

Portanto, é imprescindível que a plataforma em que seu e-commerce está hospedado suporte todo o tráfego gerado na data. Teste também com antecedência o desempenho do site em dispositivos móveis, que são cada vez mais utilizados por quem faz compras online.

Caso experiências anteriores indiquem que não são pequenas as chances de você ser deixado na mão, considere agora mesmo buscar uma nova solução, que assegure o funcionamento satisfatório do site de sua loja virtual. Aqui você tem acesso aos planos e vantagens de usar a eCShop.

Suporte e atendimento

Mantenha suas equipes de suporte e atendimento preparadas ao longo de toda a Black Friday para lidar com eventuais problemas ou dúvidas de consumidores que possam surgir.

Gostou das nossas dicas? Avalie as mais úteis para seu negócio e as coloque em prática para turbinar suas vendas durante o grande dia de descontos.